​Arte: Maria Augusta Scopel Bohner. Descrição da imagem: Fotomontagem com fundo na cor azul e sistema de escrita braille. Os rostos de quatro mulheres com deficiência estão dispostos em uma composição, sendo uma mulher negra e três mulheres brancas. Ao redor dos rostos delas há o símbolo internacional de acessibilidade, o símbolo do feminismo negro, a hashtag Ele Não e o símbolo de uma mão segurando um coração. Também há dois asteriscos e dois losangos completando a composição. Na parte de baixo da imagem está escrito: O direito ao cuidado. Cuidar do Futuro. Episódio 4.

Podcast aborda direito ao cuidado em quarto episódio

Postado em 26/04/2022, 13:16

No penúltimo episódio da temporada “Cuidar do Futuro” entrevistadas compartilham o futuro utópico que imaginam para si e para demais pessoas com deficiência

O quarto episódio da série “Cuidar do Futuro”, nova temporada do podcast “Narrando Utopias”, traz a seguinte provocação: Qual é o futuro que você sonha para as mulheres e crianças com deficiência? Nossas entrevistadas foram convidadas a responder à pergunta para que, juntas, pudéssemos ampliar nossas percepções sobre a organização do cuidado e formular ações para um amanhã mais justo socialmente. 

Para Mariana Rosa, o futuro utópico passa pela autonomia e protagonismo dos corpos e das pessoas com deficiência. “Que a gente possa dizer dos nossos corpos e de quem somos em primeira pessoa e que as pessoas tenham os apoios necessários que precisam para participar da vida em sociedade, para ter uma vida digna”, conta.

Todas as quatro entrevistadas também apontam que o alcance desse horizonte utópico passa pela transformação da nossa sociedade, sendo uma das estratégias para isso a criação de uma política do cuidado articulada coletivamente pelos movimentos sociais e por distintos setores do Estado, como: Saúde, Assistência, Educação, entre outros.   

“Isso é importante não só para nos libertar da opressão capacitista. Mas também é importante para as mulheres, de modo geral, se libertarem da parte sexista, é importante para as mulheres negras se libertarem, parcialmente, da combinação de sexismo e racismo”, enfatiza Laureane Costa Lima. 

No Brasil, são poucas e insuficientes as políticas públicas voltadas para a organização do cuidado. Podemos citar a Estratégia do acompanhante de saúde da pessoa com deficiência intelectual, na cidade de São Paulo; as Residências inclusivas para jovens e adultos com deficiência em algumas cidades do país, como  Foz do Iguaçu e Toledo (Paraná);  e o Benefício de Prestação Continuada, o BPC. 

O podcast “Cuidar do Futuro” faz parte de Narremos a Utopia, uma iniciativa do Inspiratorio.org para imaginar futuros feministas, interseccionais e inspiradores. A realização é do Portal Catarinas em parceria com o Prosa, grupo de pesquisa da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), com consultoria do Coletivo Feminista Helen Keller. 

No quinto e último episódio da temporada, Mariana, Fernanda, Laureane e Vitória compartilham seu desejo mais utópico: a ruptura e a transformação radical do sistema que as oprime.

Confira a audiodescrição do episódio:

Tags: , , , , , , , ,



Portal de jornalismo especializado em gênero, feminismos e direitos humanos.
Veja a coluna da Portal Catarinas