Revolução dos Baldinhos, coordenado por mulheres na comunidade Chico Mendes do Bairro Monte Cristo, na capita, um dos roteiros do congressol | Foto: Reprodução

Roteiros temáticos e visitas abrem o primeiro dia do 11º FG e 13º Mundos de Mulheres

Postado em 30/07/2017, 11:23

Cerca de oito mil pessoas concentram-se a partir desde domingo, 31 de juho, em Florianópolis para o Seminário Internacional Fazendo Gênero 11 (FG) e a 13ª edição do Congresso Mundos de Mulheres. Com o tema “Transformações, Conexões, Deslocamentos”, os encontros internacionais ocorrem  até a próxima sexta, 4 de agosto. No total, estão previstas quatro conferências, 33 mesas redondas, 95 oficinas, 17 minicursos, 160 simpósios temáticos e 16 passeios temáticos e visitas de campo. Uma intensa programação artística também aguarda as/os congressistas.

: : Leia também : : Fazendo Gênero e Mundos de Mulheres divulgam caderno de programação

Neste domingo, roteiros temáticos e visitas de campo concentram as atenções das/dos participantes que chegaram à capital de Santa Catarina. Até o final do evento, dezesseis destas atividades que procuram gerar vivências e debates sobre temáticas socioambientais estarão à disposição das/os congressistas. Entre eles, estão o contato com a experiência da Revolução dos Baldinhos, projeto de gestão de resíduos, coordenado por mulheres, que resulta na produção de alimentos orgânicos na comunidade Chico Mendes do Bairro Monte Cristo, na capital.  Também estão programadas trilhas ecológicas, visitas ao centro histórico e a comunidades quilombola e indígena. “A proposta é que as/os congressistas possam conversar e interagir com mulheres de diferentes coletivos e comunidades”, explica Luciana Gransotto, da comissão organizadora responsável pelas atividades.

: : Leia também: :Um dos maiores eventos feministas do mundo vai reunir 8 mil em Florianópolis

O seminário Fazendo Gênero é um espaço político e acadêmico que visibiliza e promove a articulação dos estudos de gênero com abordagens transversais. Já o World Woman Congress – Mundos de Mulheres procura unificar os universos da academia e do ativismo na programação. Realizado a cada três anos, concentra mulheres de todas as partes do mundo, o Mundos de Mulheres ocorrerá pela primeira vez em um país da América do Sul, depois de passar por Israel, Holanda, Irlanda, Estados Unidos, Costa Rica, Austrália, Noruega, Uganda, Coreia, Espanha, Canadá e Índia.

Confira a programação completa ou baixe o aplicativo do evento neste link