Divulgação

“Quem matou Eloá?” será exibido em Florianópolis nesta quinta-feira (8)

Postado em 06/12/2016, 13:30

Em 2008, a adolescente Eloá Cristina Pereira Pimentel e a amiga Nayara Rodrigues, ambas com 15 anos, foram feitas reféns por Lindemberg Fernandes Alves (22). Inconformado com o fim do relacionamento, o ex-namorado de Eloá as manteve sob a mira de uma arma durante mais de cem horas no apartamento da família da jovem, no bairro Jardim Santo André, em Santo André, na Grande São Paulo. Os meios de comunicação mobilizaram o Brasil com ampla cobertura do caso, que teve um desfecho violento: Eloá foi assassinada com dois tiros; Nayara que também foi baleada, sobreviveu.

Após oito anos, as perguntas seguem ecoando. Houve erro na condução policial? Houve espetacularização do caso pela mídia? É o que procura discutir o documentário Quem matou Eloá?, de 2015, dirigido por Livia Perez.

Parte da campanha 16 dias de ativismo, o Café Antropológico contará com a exibição do documentário, em 8 de dezembro, na Casa da Memória, em Florianópolis. Na sequência, o debate se propõe, a partir da singularidade do caso Eloá, refletir sobre a espetacularização da violência e a abordagem da mídia televisiva nos casos de violência contra a mulher. O evento acontece às 18h30min, na Casa da Memória, centro de Florianópolis, com entrada franca.

unnamed

Quem matou Eloá?, já participou de vários festivais e mostras de cinema nacionais e internacionais. De acordo com a organização do evento, a exibição e discussão sobre o vídeo é uma oportunidade para discutir sobre o feminicídio e o fenômeno da violência de gênero na mídia.

A atividade é uma parceria do projeto Projeto Mulheres e LBTs : enfrentando a violência, construindo a cidadania com a Casa da Mulher Catarina, a Rede Nacional Feminista de Saúde, o Núcleo de Identidades de Gênero e Subjetividades (NIGS/UFSC), o Núcleo de Antropologia Audiovisual e Estudos da Imagem (NAVI/UFSC) e a Coordenadoria de Políticas para as Mulheres de Florianópolis.

Participam do debate, Julia Siqueira da Rocha, da Secretaria Estadual de Educação; Juliana Cavilha Mendes Losso, do NIGS/UFSC e Clarissa Peixoto, jornalista do Portal Catarinas.

O filme também está disponível no Porta Curtas.

Serviço
O que: Exibição do documentário “Quem matou Eloá?” e debate
Quando: 8 de dezembro, quinta-feira
Horário: 18h30min
Onde: Casa da Memória – Rua Padre Miguelinho, 58 – Centro
Quanto: gratuito

Tags: ,