Um amor conquistado: o mito do amor materno

Postado em 03/10/2016, 22:52

Em “Um amor conquistado – o mito do amor materno”, a francesa Elizabeth Badinter nos mostra de maneira muito clara que o amor materno inato é um mito. Não é “dado”, mas sim, como deixa antever o título da obra, “conquistado”. Porém, acreditamos em nosso imaginário que tal amor seja algo natural. Algo que nasce com as mulheres, verdadeiro apanágio feminino. Fala-se até de “instinto materno”. E coitadas daquelas que não o têm! Sofrem um certo preconceito, pois falta-lhes qualquer coisa de fundamental!

Acesse na íntegra o livro Um amor conquistado: o mito do amor materno