Mulher, Estado e Revolução

Postado em 24/10/2017, 10:50

Pouco mais de uma década após lançamento original nos Estados Unidos, o livro Mulher, Estado e Revolução: política familiar e vida social Soviéticas, 1917-1936, ganhou sua edição no Brasil, pela editora Boitempo, em março de 2014, por meio da tradução de Natália Angyalossi Alfonso. Nesta obra, a historiadora Wendy Goldman, Professora da Universidade Carnegie Mellon, em Pittsburgh (Pensilvânia, EUA), aborda, em oito detalhados e bem escritos capítulos, as profundas transformações sociais ocorridas na União Soviética nos primeiros anos da revolução de 1917, trazendo-nos valiosas contribuições e elucidações do pensamento bolchevique acerca do papel e o lugar das mulheres nas relações familiares daquele período.

Leia a resenha de Carla Ayres