Confira a programação do 8M Florianópolis para a Greve Internacional das Mulheres

Postado em 02/03/2020, 9:41

#fotodescrição: banner com fundo branco, escrito com letras pretas: “Viver com dignidade e liberdade: trabalho, corpo e território”. Embaixo dessa frase, com letras menores: “8M SC – Greve Internacional de Mulheres”. Ao lado do texto, no canto esquerdo, desenho dos olhos de uma mulher. Seu nariz e sua boca estão coberto com um lenço verde no formato da América Latina.

“Viver com dignidade e liberdade: trabalho, corpo e território” é o tema que vai mobilizar a programação do 8M em Florianópolis para marcar o 8 de março, Dia Internacional das Mulheres. Serão oito dias de atividades na programação que se conecta à Greve Internacional de Mulheres. A Jornada 8M começa nesta segunda-feira (2), seguindo até domingo (8), na cabeceira da Ponte Hercílio Luz, e segunda-feira (9) durante toda a tarde, no Largo da Alfândega. Ao fim da tarde de segunda-feira haverá a grande marcha, no centro da capital. 

A programação, que será atualizada conforme as atividades são confirmadas, leva em conta os eixos temáticos viver, corpo, trabalho, território, liberdade e dignidade. É integrada pela Jornada 8M construída por meio das discussões deliberadas nas reuniões do grupo e atividades de outras organizações e coletivos. 

Composto por diversos coletivos, organizações, e mulheres autônomas, o 8M Florianópolis é uma das frentes da Greve Internacional das Mulheres que atuam de forma descentralizada em várias cidades, com presença em praticamente todos os estados brasileiros e em mais de 70 países. Iniciado a partir de um movimento internacional em 2017, essa frente resgata e atualiza o sentido político do Dia Internacional das Mulheres, instituído no início do século passado, a partir da proposta da greve das mulheres. 

Em breve publicaremos uma matéria sobre a pauta política desta Greve Internacional das Mulheres.

 

Jornada 8M:


Confira a programação completa (ainda em construção):

SEGUNDA 02
17h – 20h – Abertura Jornada 8M – TICEN – Microfone aberto – 8M
18h30 – 21h – Oficina Aberta sobre a reinterpretação do “Violador és tu” – Madalenas na Luta
Local: Sala do corpo CED UFSC

TERÇA 03
18h30 – Mesa de debate sobre corpo – Multiplicidade de corpos em luta por dignidade e liberdade Mesa de debate com representatividade de corpos diversos + Performance Lama da palhaça Tonha + Performance Casamento da palhaça Brum
Apresentação musical com a cantora Péda
Local: Auditório CEART – UDESC – 8M

18h30 – 20h30 – Debate teórico “feminismo revolucionário hoje?” – SINTESPE – Madalenas na Luta (com MMM)

19h – Feminismos e democracia no Brasil Contemporâneo – Auditorio Tito Sena, FAED/UDESC – FAED / PPGE / PPGH / etc.

QUARTA 04
10H30 – Desafios teóricos e políticos do feminismo negro Com Prof. Dra. Angela Figueiredo – Auditório Bloco F CFH – UFSC – IEG / PPGICH

18h – Vamos falar sobre violência? Quais violências você conhece ou já viveu? – SINJUSC – Sindes

19h – Do campo à cidade: as lutas das mulheres trabalhadoras estão em todos os territórios *Roda de conversa com militantes dos movimentos da Via Campesina – Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), Movimento de Mulheres Camponesas (MMC), Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra (MST) e Levante Popular da Juventude – Organização Brigada Gina Couto da Via Campesina em Florianópolis. Organizado por: Via Campesina
Local: SINTESPE – Praça Olívio Amorim, 82, Centro – Florianópolis

QUINTA 05
17h – Cinedebate curta “baile” – sede do CAU

17h30 – 21h – Oficina Aberta de teatro político sobre o Cortejo #NenhumaAMenos e #NenhumDireitoAMenos – SINTESPE – Madalenas na Luta

19h – Reunião ampliada para construção do dia 14 de março (2 anos morte de Marielle) – Instituto Arco iris 

18h lanche 19h roda – Roda “Território e direito à cidade” – Com lideranças: comunitária, ocupação, indígena, pescadora (Silene), Situação de rua (Aline) + mulheres com deficiência.
Organizado por: 8M
Local: Escola de Educação Básica América Dutra Machado R. Joaquim Nabuco, 2875 – Monte Cristo

18h – Reunião ampliada – quilombo vidal martins – Camping rio Vermelho

18h – Mulheres nos bancos: caminhos da profissionalização e luta por direitos (1960 a 2000). Local: Auditório do SINTRAF

SEXTA 06
10h30 – Participação da juventude nas conquistas de direito e movimentos sociais – local a definir

18h – Atividade: Roda de conversa sobre o papel da mulher na luta pelo território e oficina de construção de instrumentos e palavras de ordem.
Organizado por: 8M
Local: Quilombo Vidal Martins – Rio Vermelho
18:30 – Roda de conversa: “EscutAção”
Organizado por: Integrar/Gestus/Mnu/Ed. Quilombola/8M
Local: Escola Jurema Cavalazzi Saco dos Limões

SÁBADO 07
9h- 19h – Pintura de Mural LGBTQI – Muro Praia do Campeche – Coletivo PINTELUTE

13h – 19h – Feira feminista e roda de conversa sobre economia feminista + Grafite com Bebel em homenagem a diretora Elenir da Escola Januária Teixeira + Ensaio da batucada feminista para quem quiser colar junto batucando dia 09
Organizado por: 8M
Local: Av. Hercílio Luz, em frente à La Kahlo

13h30 – 18h – Oficina de bonecas negras e roda de conversa sobre território e identidade negra – Monte Cristo
Organizado por: Revolução dos Baldinhos
Local: Revolução dos Baldinhos, NEN e Escola Afro Popular de Formação Política Leonor de Barros

21h – show da Elza Soares – Centro de eventos UFSC

DOMINGO 8
9h – 12h – 1º encontro de mulheres indígenas em Balneário Barra do Sul (lançamento da 5ª ação internacional da Marcha Mundial de Mulheres (MMM)
Organizado por: MMM
Local: 

12h – 18h: Dia Internacional da Mulher  – Oficinas, performances, roda de capoeira. Panfletagem, distribuição de adesivos, aplicação de stencil (trazerem camisetas), diálogo corpo a corpo + pernaltas. Organizado por: 8M
Local: Cabeceira da ponte Hercílio Luz 

SEGUNDA 09
12h – 18h – Tenda 8M: Aplicação de stencil / tenda para crianças / tenda anticapitalista / tenda de oficinas / tenda da MMM+REDE LÉS-BI+MUDIÁ+Núcleo de Gênero e Raça SINDPREVS/SC

Cortejo – Madalenas na luta

Rodas de Conversa, Oficinas, Performances e Marcha no final do dia

12H – Performance Chá das Minas –

12H30 – Violência política de gênero

13H- Precisamos falar sobre aborto

13H30 – Gestação, parto humanizado

14h – Samba das Yabás

15h – Mulheres negras

15H30 – Mesa redonda, gorda e pesada

17H – BATALHA DAS MINA

17H30 – APOCALYPSE CUIER – 

18H – Batucada feminista MMM (Lançamento da 5ª ação internacional da MMM) 

18h30 – MARCHA + Pernaltas com faixa
Local: Alfândega
Organizado por: 8M

 

*Qualquer alteração ou sugestão pode ser enviada para [email protected]




Portal de jornalismo especializado em gênero, feminismos e direitos humanos.
Veja a coluna da Portal Catarinas