Maratona Cultural volta às ruas de Florianópolis neste fim de semana

Traço Cia de Teatro apresenta-se em edição anterior da Maratona Cultural de Florianópolis. Crédito: Maratona Cultural/Divulgação.
Postado em 07/04/2022, 8:00

Após dois anos de eventos virtuais, mais de 150 atrações gratuitas acontecem em diversos pontos da capital catarinense entre 8 e 10 de abril

Após duas edições online, a Maratona Cultural de Florianópolis volta a ocupar diversos pontos da Ilha com atrações de música, dança, teatro e exposições. Serão ao todo mais de 150 atrações culturais nos dias 8, 9 e 10 de abril com entrada totalmente gratuita na cidade.   

A abertura oficial será na sexta-feira (8), no Jurerê Open Shopping, norte da Ilha, com os shows das bandas Marelua, às 19h30, e Dazaranha, às 21h. As atrações musicais continuam no sábado (9), dentre elas o show nacional do grupo BaianaSystem, diretamente de Salvador, no palco Kairós, às 20h30, no Largo da Catedral. 

“Estamos preparando uma programação super democrática para proporcionar um final de semana de cultura e diversão para os moradores e visitantes da nossa cidade. Certamente, é o que precisamos para celebrar a vida e valorizar nossos artistas”, destaca Paula Borges, presidente do Instituto Maratona Cultural.

Banda Francisco El Hombre realizou show em edição anterior da Maratona. Crédito: Maratona Cultural/Divulgação.

Pensando em valorizar talentos dos mais diversos ritmos, a Maratona terá dois palcos assinados por referências da cena musical independente no país, o portal Tenho Mais Discos Que Amigos! (TMDQA!) e o portal Rifferama, de Santa Catarina.

O palco TMDQA!, tomará conta da Escadaria do Rosário, trazendo nomes locais e nacionais, como Fantástico Caramelo, de Rio do Sul/SC, Dandara Manoela, de Florianópolis, e a banda curitibana Jovem Dionísio, que se apresentam no sábado (9).

Já o palco Rifferama, no Célula Showcase, bairro Saco Grande, lança os holofotes para destaques do hardcore catarinense na sexta-feira (8), como a banda Eutha, que celebra 30 anos na estrada, enquanto o sábado (9) será dedicado ao rap, com shows de Maloka Nunes, de Itajaí, Alka e MC Versa, da Capital. 

A maratona musical segue no domingo (10) com a passagem do cortejo Fanfarra da Ponte, a partir das 17h, saindo do MESC (Museu Escola Catarinense) em direção à Escadaria do Rosário, e se encerra às 22h, com o show de FBC no palco TMDQA!. 

Super Banda na Maratoninha Cultural, programação voltada ao público infantil, em 2018. Crédito: Maratona Cultural/Divulgação.

Programação infantil 

As crianças também terão uma programação dedicada especialmente a elas, com a Maratoninha Cultural, que começa às 10h de sábado (9) no Largo da Alfândega. No local, os pequenos terão acesso a biblioteca, jogos de mesa, espaço para desenhos, Quintal do Brincar SESC, contação de histórias com Felícia Fleck e com o casal Bixu, sessões da Mostra de Cinema Infantil e apresentações teatrais. 

As atividades seguem no domingo (10) com exibições de filmes, brincadeiras, apresentação musical com Raiza Diatel e Taro Löcherbach e os espetáculos O Incrível Circo Flor, da atriz Gabriela Leite, Contos para Maria: A Bruxa do Cabelo Branco, da Traço Cia de Teatro, e Contos de um Reino Distante: Adivinha Adivinhão, da La Luna Cia de Teatro. 

No mesmo dia, ocorre a caminhada cultural Toda vida reto – da Praça XV à Ponte Hercílio Luz: 100 anos de história, com o Guia Manezinho, e os tradicionais Boi de Mamão do Pantanal & Boi de Mamão de Jurerê se apresentando juntos pela primeira vez, às 17h. 

Atrações incluem tradições da cultural local como a apresentação do Boi de Mamão. Crédito: Maratona Cultural/Divulgação.

Mergulho na história 

Durante a Maratona Cultural, o público também será conduzido para uma aventura na história de Florianópolis. Na sexta-feira, (8), o Guia Manezinho realiza a visita guiada “Uma noite na Casa da Memória” , às 22h, na Casa da Memória, no centro da cidade. 

Já no sábado (9), às 22h, será a vez do Museu Histórico de Santa Catarina receber uma visita guiada, com destaque para as histórias e estórias de batalhas, fantasmas e conflitos que tiveram como palco o Palácio Cruz e Sousa. O espaço também recebe a exposição 200 anos de Fritz Müller com participação dos artistas Luiz Bernardes e Yara Guasque. 

Também no sábado (9) ocorre o Rolê da Mariquinha, a partir das 10h, um passeio pela galeria de arte a céu aberto no Morro da Mariquinha, com o guia Alex Correia, que se encerra às 13h com Samba do Barranco.

Grupo apresenta “O Auto da Compadecida” em Maratona Cultural de 2018. Crédito: Maratona Cultural/Divulgação.

Exposições, dança e teatro 

Os três dias de evento também serão dedicados à exaltação das artes plásticas, dança, cinema e teatro. Na sexta-feira (8), a programação começa com a exposição Filhes da Liberdade: (cria)ação de afrofuturos, assinada por artistas locais, a partir das 18h, na galeria do Mercado Público, e com a exposição Ressoar, de Sergio Adriano H., a partir das 19h, na Galeria de Arte Pedro Paulo Vecchietti, na Praça XV de Novembro. 

Às 19h30 de sexta (8), o Largo da Catedral será palco do espetáculo Raiow Rainhas!, do grupo Rainhas do Radiador, de São Paulo. Às 21h, o Teatro do SESC recebe a peça Desajustada, da companhia de teatro local Pé de Vento, e, às 23h, o Museu Histórico de Santa Catarina se transforma em palco para o espetáculo Dentre, do Karma Coletivo de Artes Cênicas, de Itajaí. 

No sábado (9), das 10h às 19h, ocorre a pintura da Empena do Edifício Tiradentes, na Rua Nunes Machado, em parceria com a Balaclava e Street Art Tour. A ideia é representar em um grande mural ao ar livre as personalidade negras invisibilizadas. No mesmo dia, às 20h, o Teatro do Sesc recebe o show “As paredes têm ouvidos”, de A Corda em Si e Rodrigo Paiva, de Florianópolis, enquanto no domingo (10) tem Miguel – O Cavalivreiro, às 15h, e O Que Só Passarinho Entende, ambos espetáculos da Cobaia Cênica, de Rio do Sul, às 20h. 

Também no domingo (10), o Museu da Escola Catarinense recebe a exposição Schwanke; Sonetos Visuais, com curadoria de Maria Amélia Bulhões. A última noite de evento se encerra com o espetáculo Contestados, da Cia Mútua, de Itajaí/SC, na Casa das Máquinas, na Lagoa da Conceição. 

Confira a programação completa da Maratona Cultural aqui

Cantor e compositor François Muleka realizou show no Parque de Coqueiros em edição anterior. Crédito: Maratona Cultural/Divulgação.

A Maratona Cultural é uma realização do Instituto Maratona Cultural. Conta com o apoio do Hospital SOS Cardio, JB3 investimentos, Habitasul, Colégio Santa Terezinha, CineSuporte e Reivax por meio da Lei Municipal de Incentivo à Cultura de Florianópolis, Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes. Patrocínio do BRDE, CELESC, DaMagrinha, Eurotec Nutrition, Multilog, JEEP DVA, por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura. Projeto selecionado pelo Edital Aldir Blanc 2021 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura. 

Serviço

O quê: Maratona Cultural de Florianópolis 2022

Quando: 8, 9 e 10 de abril de 2022

Local: diversos endereços na cidade de Florianópolis/SC 

Programação Gratuita

Tags: , ,



Portal de jornalismo especializado em gênero, feminismos e direitos humanos.
Veja tudo de Portal Catarinas