Conexão Mulheres ocorre de 6 a 11 de março com programação gratuita

MASC comemora aniversário com semana dedicada às mulheres

Postado em 04/03/2017, 13:44

Pela primeira vez, o Museu de Arte de Santa Catarina (MASC) vai abrir as portas numa segunda-feira. A exceção à regra nacional, tem um motivo especial: acolhe as demandas de coletivos na realização da semana “Conexão Mulheres”, que acontece de 6 a 11 de março. No dia 8, a programação abre espaço para atividades da Greve Mundial das Mulheres, concentradas no centro da capital.

Em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, o Conexão Mulheres terá oficinas, exposições, exibição de filme, performances teatrais, dança, música e mesa de debates. Toda a programação é gratuita e aberta ao público.

A realização é uma parceria entre a Fundação Catarinense de Cultura (FCC) e os coletivos Nega, Dança Ìyagbà, Elza, Lugar Específico, Sociedade Novo Horizonte, SC Games, Aláfia Casa de Cultura, projeto Marias vão com as outras, Escola Flamenco Carol Ferrari e Portal Catarinas.

A programação faz parte das comemorações pelo aniversário do MASC, que em março completa 68 anos de criação. Ao longo do mês, outras atividades serão promovidas no Museu para marcar a data.

Programação: 

06 (segunda-feira):
19h – Abertura da exposição Ciranda: entre ser eu e ser muitas
Curadoria: Juliana Crispe
Produção: Lugar Específico
Artistas: Adriana M. dos Santos, Ana Sabiá, Fernanda Grigolin, Fran Favero, Itamara Ribeiro, Letícia Cobra Lima, Juliana Hoffmann, Marina Moros, Priscila dos Anjos, Rosana Bortolin, Sandra Alves, Sandra Favero, Silvana Macedo. Local: Masc

19h – Abertura da exposição fotográfica Mulheres negras na história da Sociedade Novo Horizonte
Serão exibidas 20 fotografias no formato 10×15. Local: Masc

20h – Recital Chá das poetisas
A atriz Lieza Neves apresenta textos de autoras brasileiras, fazendo um breve panorama da produção literária feminina, de Adélia Prado a Viviane Mosé. Local: Masc

07/03/2017 (terça-feira):
14h – Conhecendo e jogando: tarde de games para todos

15h – Oficina: Criação de personagens para games
Ensinará o passo a passo para a criação de personagens de jogos
Obs.: pode trazer tablet ou laptop para referências
Realização: SC Games. Local: Cinema do CIC

08 (quarta-feira):
Em apoio à Greve Internacional 8M, não haverá programação neste dia.

Mais informações sobre as ações do movimento: https://www.facebook.com/events/1855807497975760/permalink/1864412427115267/

09 (quinta-feira):
14h – Exibição do filme Antonieta, de Flavia Person
Documentário sobre Antonieta de Barros (1901-1952), mulher, negra, professora, cronista, feminista e em 1935 se tornou a primeira negra a assumir um mandato popular no país. Local: Cinema do CIC.

16h – Oficina Xirê: sentidos criados no fazer
O encontro tem por objetivo sensibilizar, por meio de práticas corporais, os participantes com as energias que permeiam alguns orixás das religiões de matriz africana, difundindo assim valores como respeito à ancestralidade, à religiosidade e à coletividade. Realização: Aláfia Casa de Cultura. Local: Oficinas de Arte do CIC.

18h – Oficina de Abayomi
Esse encontro tem o objetivo de ensinar o processo de criação, discutindo a importância histórica e social das bonecas e o fortalecimento da autoestima. Realização: Sociedade Novo Horizonte. Local: Oficinas de Arte CIC.

18h – Performance teatral com Solange Adão
Realização: Sociedade Novo Horizonte. Local: Oficinas de Arte do CIC.

19h30 – Espetáculo Preta-a-Porter – seguido de debate
É uma performance que parte de histórias e de e conflitos enfrentados na vida cotidiana da população negra, histórias essas trazidas da vida de cada artista que participa ou já participou do coletivo. Expõe com maior destaque a vivência das mulheres negras, especialmente as que integram o grupo atualmente. Realização: Coletivo Nega. Local: Masc

10 (sexta-feira):
15h – Oficina Marias vão com as outras: juntas somos mais fortes!
O que é ser menina nos dias de hoje? Temos o objetivo de empoderar as meninas, desconstruindo a normatividade do que é e de como é ser mulher. Voltada a adolescentes de 10 a 14 anos. Realização: Gabriela da Silva, Izabele Cristini da Silva e Rafaella Machado, idealizadoras do projeto Marias vão com as outras. Local: Masc

18h – Oficina de Dança Flamenca
Introdução aos movimentos básicos do flamenco.
Realização: Flamenco Carol Ferrari. Local: Masc

19h – Apresentação Noche Flamenca
Com participação dos professores e alunos da Escola Flamenco Carol Ferrari. Local: Masc

11 (sábado):
17h – Apresentação Ìyagbàs
Ìyagbà (lê-se yaba) – palavra de origem Yorubá que significa mãe senhora e faz menção ao poder ancestral feminino. Somos um coletivo de pessoas que buscam o conhecimento dos valores tradicionais da cultura yorubá através da dança e do canto. Realização: Coletivo Dança Ìyagbà. Local: Masc

18h – Mesa de encerramento sobre o papel da mulher na sociedade contemporânea
Participantes: Luisa Gutierrez, Neli Goes Ribeiro, Márcia Batistela, Coletivo Elza e Portal Catarinas. Local: Masc

19h – Apresentação do grupo Cores de Aidê
Cores de Aidê nasceu no dia 21 de fevereiro de 2015, no Morro do Quilombo, em Florianópolis. Um grupo de mulheres se uniu para viver a arte e mergulhar no universo percussivo do Samba Reggae. A partir dessa influência afro brasileira, surgiram composições próprias, arranjos, coreografias e principalmente relações baseadas na liberdade e no respeito a união de etnias. Local: gramado do CIC.