Equipe de estudantes vai narrar jogos do torneio na França, entre os dias 7 de junho e 7 de julho/Foto: Lucas Figueiredo CBF

Programa formado por alunas irá transmitir Copa do Mundo de Futebol Feminino

Postado em 13/05/2019, 17:34

Indo na contramão dos programas esportivos convencionais – tradicionalmente integradas por jornalistas homens falando sobre futebol masculino – a WEB Rádio Ponto da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) transmitirá os principais jogos da Copa do Mundo de Futebol Feminino com uma equipe formada exclusivamente por mulheres. O projeto de extensão Donas do Placar está vinculado ao Núcleo de Radiojornalismo Esportivo e reúne mais de 25 alunas do curso de Jornalismo. Como aquecimento para a Copa do Mundo, a web rádio divulgará boletins diários sobre as seleções que disputam o torneio na França, entre os dias 7 de junho e 7 de julho. 

As mulheres sempre foram minoria nas equipes de jornalismo esportivo e transformar esse cenário nunca foi uma prioridade. De acordo com levantamento realizado pelo portal Gênero e Número, apenas 10% das colunas esportivas dos dez jornais com maior circulação nos estados brasileiros são assinadas por mulheres. Nos programas esportivos de TV por assinatura, apenas 13% das profissionais são mulheres.

Relatos de situações de abuso, intimidação, assédio e discriminação são comuns entre as mulheres que figuram como exceção no espaço. Nesse cenário, o Donas do Placar não só promove a inovação no núcleo esportivo, mas configura um movimento de resistência e de reivindicação de um espaço que durante muito tempo foi negado às mulheres.

Maria Heloísa Vieira, estudante e uma das coordenadoras do projeto, fala sobre como este incômodo em não se ver representada dentro do jornalismo esportivo e ter de provar diariamente que são capazes de superar em técnica e conhecimento os meninos foram pontos motivadores para o nascimento do projeto. “É muito legal a gente como mulher pode falar da gente jogando também, poder se reconhecer nelas”.

Para Thaisy Regina da Silva, o programa é um espaço importante para dar voz às mulheres, tanto para as jornalistas quanto para as jogadoras. “É um espaço para as mulheres no jornalismo esportivo e espaço para o futebol de mulheres”.

A transmissão da Copa do Mundo de Futebol Feminino é o primeiro evento de uma proposta mais ampla, que tem como objetivo formar jornalistas para atuação no segmento esportivo. Coordenado pelas professoras Fernanda Nascimento e Leslie Sedrez Chaves, o projeto inclui a realização de oficinas sobre as diferentes funções ocupadas em uma transmissão esportiva e a cobertura de amistosos das seleções que disputam o torneio. A expectativa é de que, pelo menos, 10 jogos do torneio sejam narrados exclusivamente por integrantes da equipe feminina – incluindo os jogos da seleção brasileira e a abertura do evento.

Sobre a repercussão esperada, Thaisy é enfática em dizer que não quer atenção por ser um programa feito por mulheres, mas pela qualidade do programa. “A gente quer que olhem pra gente porque somos profissionais, estamos falando de um futebol profissional e estamos falando de um campeonato que é a Copa do Mundo”.

Acompanhe:
Twitter: @donasdoplacar
Instagram: @donasdoplacar
Facebook: fb.me/donasdoplacar  e fb.me/radiopontoufsc
Rádio Ponto UFSC: radioponto.sites.ufsc.br/sitenovo/