Arte: Meu Voto Será Feminista

Coluna da Meu Voto Será Feminista

Cinema que inspira a votar feminista

Postado em 15/09/2020, 15:34

O Cinema tem na sua natureza primeira a ideia de transformar, de inspirar. Filmes chegam e tocam cada pessoa a sua forma, ao seu jeito. A arte como espaço de transformação a partir de uma narrativa de construção diversa é um ato político, é política.

Como espaço de militância da imagem simbólica e das subjetividades, esse cinema que observa o universo do poder na perspectiva das mulheres, nos faz acreditar que podemos existir com nossas diferenças, que podemos criar e viver em espaços de poder. Eles comprovam o que já sabemos, estamos PRONTAS.

Na coluna de hoje conectamos arte, política e eleições e vamos sugerir filmes que fortalecem a mudança a partir do voto feminista. Ao olhar outras mulheres transformando a política por dentro, todas nós sentimos que podemos votar e eleger tantas outras sementes que sejam capazes de virar o jogo do poder para um poder feminista.

Sementes

Documentário dirigido por Júlia Mariano e Éthel Oliveira, acompanha a histórias de Jaqueline de Jesus, Mônica Francisco, Renata Souza, Rose Cipriano, Tainá de Paula e Talíria Petrone e suas respectivas trajetórias na corrida eleitoral de 2018. Mulheres inspiradas no legado político de Marielle, criando suas próprias narrativas e forças.

https://www.youtube.com/watch?v=8vEcUORITC4

 

Virando a Mesa do Poder

O filme, que teve sua estreia no consagrado Festival de Sundance, segue 4 democratas que decidiram se candidatar ao Congresso nas eleições de 2018 nos Estados Unidos, mostra suas campanhas em suas respectivas primárias democratas.  Alexandria Ocasio-Cortez de Nova York, Amy Vilela de Nevada, Cori Bush de Missouri e Paula Jean Swearengin de West Virginia são as personagens centrais. Em uma hora e meia de filme, visitamos por dentro as campanhas de cada uma delas. Ocasio é inspiração pela forma de fazer política que se traduz na campanha. Disponível no Netflix.

Michelle Obama – Minha História

Baseado na sua própria biografia, o filme acompanha a ex-primeira dama na turnê de 34 cidades que fez para lançar seu livro. É um olhar importante sobre a questão racial e inspirador para jovens e traz uma reflexão sobre os tempos vividos na Casa Branca. Disponível no Netflix.




O Meu Voto Será Feminista é um projeto autogestionado e suprapartidário, criado em 2018 no ecossistema da movimentação PartidA Feminista e que a partir de 2019 ganha vida própria. As co-criadoras e gestoras do projeto – Bia Paes, Carol Vergolino, Daiane Dultra e Juliana Romão – estão sediadas em Recife/PE e comandam de lá o movimento nacional, potencializando o Nordeste na luta por mais mulheres no poder.
Veja a coluna da Meu Voto Será Feminista