Agenda colaborativa 8 de março – SC

2/03

14h – 2º Encontro aberto das Madalenas na Luta para produção de um diálogo artístico sobre o manifesto 8M – Auditório do Sintespe (Praça Olívio Amorim, av. Hercílio Luz, centro de Florianópolis)

4/03

9h – Reunião de organização e Oficina de cartazes e faixa para a marcha na Alfandega (em frente as lojinhas de artesanato da ilha)

6/03

FLORIANÓPOLIS

14h – Catarinas compartilha experiências no IFSC Campus São José

BLUMENAU

11h: Entrevista do Instituto Feminista Nísia Floresta na rádio comunitária rádio Bizz FM de Blumenau. Para acompanhar é só acessar: https://goo.gl/Vdtaf0;

14h: Entrevista do Instituto Feminista Nísia Floresta na rádio comunitária Fortaleza. Para acompanhar é só clicar: https://goo.gl/EjgkEb;

Programação Museu de Arte de Santa Catarina 

19h – Abertura da exposição Ciranda: entre ser eu e ser muitas
Curadoria: Juliana Crispe
Produção: Lugar Específico
Artistas: Adriana M. dos Santos, Ana Sabiá, Fernanda Grigolin, Fran Favero, Itamara Ribeiro, Letícia Cobra Lima, Juliana Hoffmann, Marina Moros, Priscila dos Anjos, Rosana Bortolin, Sandra Alves, Sandra Favero, Silvana Macedo. Local: Masc

19h – Abertura da exposição fotográfica Mulheres negras na história da Sociedade Novo Horizonte
Serão exibidas 20 fotografias no formato 10×15. Local: Masc

20h – Recital Chá das poetisas
A atriz Lieza Neves apresenta textos de autoras brasileiras, fazendo um breve panorama da produção literária feminina, de Adélia Prado a Viviane Mosé. Local: Masc

7/03

FLORIANÓPOLIS

Seminário “Direitos das mulheres na perspectiva dos novos tempos”

– Manhã: Exposição “Conexões Viscerais” da artista plástica Paula Schlindwein, apresentação da cantora Tatiana Cobbett e Paletra com a filósofa Márcia Tiburi.
– Tarde: Pocket show com Dandara Manoela, apresentação do Case Portal Catarinas – Jornalismo e Perspectiva de Gênero e mesa de debates “Os desafios para as mulheres em 2017: PEC 287 (Fim da Previdência Social e Mulheres no Mundo do Trabalho)”. O Evento é uma promoção da bancada feminina da Alesc.
 Mais informações aqui

Programação Museu de Arte de Santa Catarina 

14h – Conhecendo e jogando: tarde de games para todos

15h – Oficina: Criação de personagens para games (Ensinará o passo a passo para a criação de personagens de jogos) Obs.: pode trazer tablet ou laptop para referências
Realização: SC Games. Local: Cinema do CIC

19h – Mesa Por que paramos – Auditório Bloco G UFSC

Kerexu Yxapyry (indígena Mbya Guaraní), Carla Salasário Ayres (cientista política, Acontece – Arte e Poética LGBT), Iris Gonçalves Martins (advogada, organização 8M-SC), Cíntia Domit Bittar (Realizadora)

12h – Cineclube Ó Lhó Lhó – sessão do filme “Que Horas Ela Volta?”

8/03 – 8M

FLORIANÓPOLIS
– 6h30 às 9h: Panfletagem e entrega de fita lilás e apitos no Ticen
– 9h às 18h: Tenda do 8M Brasil SC no Largo da Alfândega:
Tribuna livre para mulheres, debates, exibição de vídeos, atividades artísticas, atendimento com profissionais de saúde e do direito. Venha saber como a Reforma na previdência do Governo Temer afeta você.
– 12h30: APITAÇO MUNDIAL DAS MULHERES
– 13h . Concentração e ato contra a reforma da previdência em frente ao INSS da Rua Felipe Schmidt, seguida de panfletagem nas ruas e lojas do Centro.
– 17h . ASSEMBLEIA de mulheres para leitura e aprovação do Manifesto 8MBrasilSC.
– 18h . Concentração no TICEN para a Marcha das Mulheres em Florianópolis, com saída às 19h
Acompanhe no evento e na fanpage 8M Brasil – SC
Pedal do 8 de março
18h – Concentração no Ticen
19h30 – Saída
Saiba mais
SÃO JOSÉ
Programação da Central de Penas e Medidas Alternativas
Local: Tribunal do Júri – Térreo Fórum da Comarca de São José
14h00 – Abertura – Aspectos históricos da Mulher na sociedade (CPMA-SJ) 14h15 – Lei Maria da Penha: coibindo e prevenindo a violência contra as mulheres (Ariela Melo Rodrigues – OAB-SJ e Jane Phillipi – COMDIM – SJ)
15h45 – Saúde da Mulher: cuidando de si (Profª Helen Bunn – IES/FASC / Enfermeira SES/SC)
16h15 – Empoderamento Feminino (Profª Drª Luciana Zucco – Departamento de Serviço Social – UFSC)
16h45 – Técnica de relaxamento (Manoela Ramos – Método DeRose)
17h00 – Encerramento (Cantora Dandara Manoela – Voz e violão – Música: “Mulher de Luta”)
Haverá aferição de pressão e glicemia e sorteio de brindes.
LAGES
– Concentração na praça Joca Neves
– Caminhada até a frente do INSS, onde acontecerá ato público contra a reforma da previdência;
– Caminhada até a praça na frente da catedral diocesana, onde estará acontecendo das 8 às 17h a feira regional de economia solidária, e almoço comunitário;
– 13h30min, concentração no calçadão central, palestras sobre saúde mental e violências contra a mulher, reforma da previdência, expressões culturais e entrega do I Premio Mulheres solidárias 2017.
– Noite – seminário sobre gênero e sexualidade no CCJ Uniplac.
Mais informações aqui
PORTO BELO
19:30h – Audiência pública na Câmara Municipal e debate “As mulheres e o mundo do trabalho” com com Clair Castilhos.
BRUSQUE
Mais informações aqui
BLUMENAU
9h30 – Palestra do Instituto Feminista Nísia Floresta no IFSC no câmpus de Gaspar sobre Empoderamento Feminino e Desafios Contemporâneos;
16h – Ato público na Praça Carlos Gomes e Panfletagem na Igreja Matriz

 9/03

FLORIANÓPOLIS

19h – Reunião de pauta Catarinas aberta aos movimentos sociais, feministas autônomas e interessadas/os Instituto Arco-íris (Travessa Raticlif, 56, Centro). Mais informações aqui
Programação Museu de Arte de Santa Catarina

14h – Exibição do filme Antonieta, de Flavia Person
Documentário sobre Antonieta de Barros (1901-1952), mulher, negra, professora, cronista, feminista e em 1935 se tornou a primeira negra a assumir um mandato popular no país. Local: Cinema do CIC.

16h – Oficina Xirê: sentidos criados no fazer
O encontro tem por objetivo sensibilizar, por meio de práticas corporais, os participantes com as energias que permeiam alguns orixás das religiões de matriz africana, difundindo assim valores como respeito à ancestralidade, à religiosidade e à coletividade. Realização: Aláfia Casa de Cultura. Local: Oficinas de Arte do CIC.

18h – Oficina de Abayomi
Esse encontro tem o objetivo de ensinar o processo de criação, discutindo a importância histórica e social das bonecas e o fortalecimento da autoestima. Realização: Sociedade Novo Horizonte. Local: Oficinas de Arte CIC.

18h – Performance teatral com Solange Adão
Realização: Sociedade Novo Horizonte. Local: Oficinas de Arte do CIC.

19h30 – Espetáculo Preta-a-Porter – seguido de debate
É uma performance que parte de histórias e de e conflitos enfrentados na vida cotidiana da população negra, histórias essas trazidas da vida de cada artista que participa ou já participou do coletivo. Expõe com maior destaque a vivência das mulheres negras, especialmente as que integram o grupo atualmente. Realização: Coletivo Nega. Local: Masc

BLUMENAU

10h30: O Instituto Feminista Nísia Floresta conversa com as mulheres sobre feminismo na empresa Taschibra;

10/03
FLORIANÓPOLIS
Programação MASC

15h – Oficina Marias vão com as outras: juntas somos mais fortes!
O que é ser menina nos dias de hoje? Temos o objetivo de empoderar as meninas, desconstruindo a normatividade do que é e de como é ser mulher. Voltada a adolescentes de 10 a 14 anos. Realização: Gabriela da Silva, Izabele Cristini da Silva e Rafaella Machado, idealizadoras do projeto Marias vão com as outras. Local: Masc

18h – Oficina de Dança Flamenca
Introdução aos movimentos básicos do flamenco.
Realização: Flamenco Carol Ferrari. Local: Masc

19h – Apresentação Noche Flamenca
Com participação dos professores e alunos da Escola Flamenco Carol Ferrari. Local: Masc

TUBARÃO
19h – Palestra do Instituto Feminista Nísia Floresta sobre a importância do feminismo para os acadêmicos da Unisul de Tubarão
11/03
FLORIANÓPOLIS
Programação MASC

17h – Apresentação Ìyagbàs
Ìyagbà (lê-se yaba) – palavra de origem Yorubá que significa mãe senhora e faz menção ao poder ancestral feminino. Somos um coletivo de pessoas que buscam o conhecimento dos valores tradicionais da cultura yorubá através da dança e do canto. Realização: Coletivo Dança Ìyagbà. Local: Masc

18h – Mesa de encerramento sobre o papel da mulher na sociedade contemporânea
Participantes: Luisa Gutierrez, Neli Goes Ribeiro, Márcia Batistela, Coletivo Elza e Portal Catarinas. Local: Masc

19h – Apresentação do grupo Cores de Aidê
Cores de Aidê nasceu no dia 21 de fevereiro de 2015, no Morro do Quilombo, em Florianópolis. Um grupo de mulheres se uniu para viver a arte e mergulhar no universo percussivo do Samba Reggae. A partir dessa influência afro brasileira, surgiram composições próprias, arranjos, coreografias e principalmente relações baseadas na liberdade e no respeito a união de etnias. Local: gramado do CIC.

13/03

19h – Roda de Conversa “Liberdade sem opressão só com luta e movimentação”, com Maristela Delviga Zancanaro (Assistente social) e Georgia Faust (Presidenta do Instituto Feminista Nísia Floresta) no Galpão da Arquitetura/FURB. Mais informações no evento