Mulamba leva seu rock feminista à Casa de Noca neste sábado

Postado em 03/03/2017, 16:10

A sensação de medo ao andar sozinha na rua diante de tantas violências cometidas cotidianamente contra as mulheres é relatada no rock P.U.T.A. da banda curitibana Mulamba, que faz um show especial em celebração ao Dia da Mulher, no próximo sábado (4), na Casa de Noca.

Acesse o evento

A banda, que mistura instrumentos de cordas e percussão com vocais femininos, é formada por Amanda Pacífico e Cacau de Sá, na voz, Caro Pisco, na bateria, Fer Koppe, no violoncelo, Naíra Debértolis, no baixo, e Nat Fragoso, na guitarra. Além de canções autorais, o repertório inclui nomes como Elza Soares, Rita Lee, Marisa Monte e Cássia Eller. A pedido do público, elas voltam pela terceira vez à Casa de Noca. “Estamos animadas. O público recebe muito bem e pede para tocarmos nossas músicas autorais”, afirma a baterista.

Juntas há pouco mais de um ano, elas se preparam para o lançamento do primeiro EP com quatro músicas próprias, previsto para junho. Suas letras de cunho social traduzem inquietações e anseios relacionados à luta pela igualdade de gêneros. “Somos seis mulheres para dizer que a metade do mundo não é ouvida”, explica Caro.

No vídeo de “P.U.T.A”, que atingiu 200 mil visualizações em apenas uma semana, elas abordam os estigmas que servem para justificar violências, e a força das mulheres para lutar e resistir.

“Socorro tô num mato sem cachorro
Ou eu mato ou eu morro
E ninguém vai me julgar
E foda-se se me rasgar a roupa
Te arranco o pau com a boca
E ainda dou pra tu chupa”

“Muitas mulheres e homens têm se encontrando nas letras e passado pra frente. Esperamos que nossa arte contribua de alguma forma para a mudança desse cenário”, diz a musicista.

Serviço
O que: Show da banda Mulamba
Quando: 4 de março, sábado, às 2h
Onde: Casa de Noca, Lagoa da Conceição
Quanto: R$ 20