Carolina

Postado em 24/09/2017, 15:45

“Eu sou negra. A fome é amarela. E dói muito”, escreveu Carolina de Jesus em seu “Quarto de Despejo”, livro autobiográfico que fez da catadora de papel da favela paulistana do Canindé escritora renomada nos anos 60. A história de fome, fama e esquecimento da mulher, negra, escritora, periférica, poeta, sambista foi resgatada na pesquisa da educadora Sirlene Barbosa. Nesta obra, a biografia da icônica figura de Carolina encontrou as ilustrações João Pinheiro para compor uma obra em linguagem de HQ, aproximando as novas gerações de mais esta personagem negra invisibilizada na cultura.

Autores/as: Sirlene Barbosa e João Pinheiro | Páginas: 128 | Selo: Veneta | Ano: 2016