Karol Conka zomba do egoísmo dos homens na hora do sexo oral: “encostem os lábios na flor”

Postado em 08/06/2017, 22:09

“Moleque mimado bolado que agora chora
Só porque eu mandei ajoelhar, fazer um lalá por várias horas
Ele disse por aí que era o tal, pegava geral e apavora
Seduzi pra conferir e percebi que era da boca pra fora
Dá pra perceber que existem vários
Falam demais, fingem que faz
Chega a ser hilário
Mal sabe a diferença de um clitóris prum ovário
Dedilham ao contrário, egoístas criando um orgasmo imaginário
Pouco importa pra ele se você está satisfeita
Esses caras não aprenderam que dez minutos é desfeita”

Metade das brasileiras não têm orgasmo nas relações sexuais e quase 60% têm dificuldades para alcançá-lo, segundo pesquisa da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP).  Com seu mais novo clipe, Karol Conka resolveu tocar num ponto central para a ausência do prazer das mulheres: o egoísmo dos homens na hora do sexo, como mais um medidor do machismo. Lançado há poucas horas, “Lalá” já tem mais de 110 mil visualizações.

Na música, ela critica até mesmo aqueles homens que se dizem “pegadores”, mas que na prática não sabem ao certo onde fica o clitóris: órgão sexual feminino cuja função exclusiva é proporcionar prazer. “Curvem-se, encostem os lábios na flor/Quebre esse tabu/ Isso não é nenhum favor/O que me anima é a habilidade na lambida, muita saliva”, canta em tom de protesto a rapper.

“Lalá” traz à cena flores, frutas e adereços coloridos para zombar da pouca atitude dos homens na hora de usar a língua. O clipe é um manifesto pelo direito das mulheres de gozar. Assista:

A música foi apresentada ao vivo pela primeira vez em show de Conka no Recife, durante o Festival no Ar Coquetel Molotov, em outubro do ano passado.”Escrevi essa música na intenção de informar as pessoas da necessidade da prática e da técnica do sexo oral na mulher. Tive a ideia de fazer um clipe com uma equipe toda formada por mulheres de forte posicionamento. Tivemos ideias coletivas que mostram o universo feminino de uma maneira doce e ao mesmo tempo divertida. A intenção é passar a mensagem quebrando o tabu de maneira informativa e criativa”, explicou a cantora em nota à imprensa.

 Em tempo: localizado na parte superior da vulva, o clitóris é alongado e erétil.