JANEIRO

Em janeiro de 2016, começamos a desenvolver a ideia do Portal CATARINAS. Veja algumas notícias que circularam naquele período.

– A passagem do ano em Colônia, na Alemanha, foi marcada por uma onda de violência contra mulheres. Na mesma semana, houve protestos na cidade.

– Duas mulheres disputaram a presidência em Portugal. As eleições confirmaram novamente um homem a frente do cargo de mandatário do país.

– ‘Eu não vou te matar’: um retrato da violência doméstica.

– OAB elege 2016 como ano da mulher advogada.

-Bélgica anuncia cursos de “respeito às mulheres” para refugiados.

Muçulmana expulsa de comício de Donald Trump.

– Presidente sul-coreana defende acordo com Japão sobre “mulheres de conforto”. O acordo gerou polêmica por se tratar de estupros como crimes de guerra.

– Pela primeira vez uma equipe da Nasa é formada por 50% de mulheres.

– A amamentação nos espaços públicos voltou ao debate público com a deputada espanhola Carolina Bescansa, do Podemos, criticada por amamentar em plenário.

-Taiwan tem a primeira mulher eleita presidenta.

– Exposição ‘Frida Khalo: Conexões entre mulheres surrealistas no México’ na Caixa Cultural Rio de Janeiro. Além dos trabalhos de Frida Kahlo, outras 14 artistas, nascidas ou radicadas no México tiveram suas obras exposta.

– 1% da população global detém mesma riqueza dos 99% restantes, diz estudo.

– O Papa Francisco abre cerimônia do lava-pés também para as mulheres.

– O zika vírus foi tema de discussão da cúpula latino-americana em janeiro de 2016. A relação do vírus com a microcefalia reacendeu a debate sobre o aborto no Brasil.