CNS realiza 1ª Conferência Nacional Livre de Comunicação em Saúde

Postado em 15/04/2017, 12:40

O Conselho Nacional de Saúde (CNS) realiza, entre 18 e 20 de abril, a 1ª Conferência Nacional Livre de Comunicação em Saúde que acontece no Centro Internacional de Convenções do Brasil, em Brasília . De acordo com o documento que convoca a conferência, entre os objetivos do encontro estão o subsídio às ações do controle social em comunicação na área da saúde e a construção de parâmetros em comunicação para comunicadores e militantes em saúde, nas diversas plataformas de produção, edição e disseminação de informações.

A Conferência de Comunicação em Saúde é uma demanda do CNS já discutida por ocasião da 1ª Conferência Nacional de Comunicação, realizada em 2008. Na ocasião, o CNS construiu documento de propostas em que afirma o seu entendimento da comunicação como base de sustentação do SUS e que esta percepção que se evidencia a cada Conferência Nacional de Saúde. A intenção é lançar bases para um sistema comum de compartilhamento de informações e experiências em saúde pública, além de consolidar uma narrativa em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) que se contraponha ao discurso formulado pelos veículos de comunicação tradicionais.

A realização do debate nove anos depois ocorre em um período de resistência, afirma o presidente do Conselho Nacional de Saúde, Ronald Ferreira dos Santos. “Está em curso no país hoje o desmonte de um conjunto de institucionalidades e direitos civis, políticos e economicos e esta disputa se dá na narrativa dos objetivos e dos interesses. Realizar uma conferência sobre um direito constitucional que talvez é o mais bem desenhado na Constituição e em torno dele fazer o debate das disputas das narrativas com os setores mais avançados e progressistas da sociedade para articular este debate é fundamental”, afirma. “Democracia, saúde e comunicação são irmãs siamesas, não há possibilidade destes direitos existirem separadamente e cumprir o seu papel”, arremata Ronald.

A Conferência de Comunicação em Saúde antecede outros dois momentos de discussão pública sobre saúde que acontecem ainda em 2017: a 2ª Conferência Nacional de Saúde das Mulheres e a 1ª Conferência Nacional de Vigilância em Saúde, que ocorrem nos meses de agosto e novembro, respectivamente.

:: Leia também: Brasil se prepara para 2ª Conferência Nacional de Saúde das Mulheres

Confira a programação

Dia 18/04
19h30 – Abertura do evento
Mesa Diretora do CNS – Ronald Santos
Secretária Executiva do CNS – Neide Rodrigues
Ministro da Saúde – Ricardo Barros
Presidente da FENAJ – Maria José Braga
Presidente da FIOCRUZ – Nísia Trindade Lima
Presidente da OPAS no Brasil – Joaquim Molina
Presidente do CONASS – João Gabardo dos Reis Presidente do CONASEMS – Mauro Guimarães Junqueira

DIA 19/04
9h – Mesa 1 – Desafios da comunicação em saúde
Mediadora: Francisca Rêgo (Conselheira do CNS – Associação Brasileira de Ensino em Fisioterapia)
Convidados: Márcia Corrêa e Castro (Fiocruz/Canal Saúde), Alexandre Padilha (ex-ministro da Saúde) e Carmen Lucia Luiz (Conselheira do CNS – União Brasileira de Mulheres – UBM)

9h – Mesa 2 – Papel da comunicação na defesa da informação em saúde Mediador: Fernando Pigatto (Conselheiro do CNS – Confederação Nacional das Associações de Moradores – Conam)
Convidados: Cynara Menezes (Socialista Morena), Rogério Lannes (Revista RADIS/Fiocruz) e Adriane Cruz (CONASS)

14h30 – Mesa 3 – O SUS na sala de aula
Mediador: Priscilla Viégas (Conselheira do CNS – Associação Brasileira dos Terapeutas Ocupacionais)
Convidados: Jean Willys (Deputado Federal), Renata Mielli (FNDC) e Jacira Melo (Instituto Patrícia Galvão)

14h30 – Mesa 4 – Novas mídias e o SUS
Mediador: Juliana Acosta (Conselheira do CNS – CONTAG) Convidados: Miguel do Rosário (Blog O Cafezinho), Gabriel Estrela (Youtuber/Projeto Boa Sorte) e Luiz Filipe Barcelos (CONASEMS)

DIA 20/04
9h – Mesa 5 – Informação em saúde como direito
Mediador: Moysés Toniolo (Conselheiro do CNS – Articulação Nacional de Luta Contra a Aids)
Convidados: Rodrigo Murtinho (Fiocruz), Élida Graziane (Ministério Público de Contas de São Paulo – MPCSP) e Jandira Feghali (Deputada Federal).

9h – Mesa 6 – Experiência de coletivos de comunicação
Mediadora: Charô Nunes (Blogueiras Negras)
Convidados: Marina Pitta (Coletivo Intervozes), Pablo Capilé (Mídia Ninja) e Bruno C. Dias (Associação Brasileira de Saúde Coletiva – ABRASCO)

14h às 14h30 – Atriz Ana Petta fala sobre a experiência do trabalho com o Sistema Único de Saúde.

14h30 – Consolidação dos debates realizados pelas mesas

15h30 – Palestra com Tereza Cruvinel (ex-presidente da EBC)
Tema: O preconceito contra o SUS

17h – Mesa de encerramento