Centenas paralisam o centro de Florianópolis contra ameaças a direitos sociais

Postado em 12/11/2016, 15:11

Trabalhadores e estudantes ocuparam as ruas do centro de Florianópolis nesta sexta, 11 de novembro, em resistência às ameaças que a PEC 55, a Reforma do Ensino Médio e outras medidas do Governo representam para a saúde, a educação e direitos sociais. Espontaneamente ou mobilizados por organizações sindicais, uniformizados ou não, trabalhadores/as vieram de todas as regiões da cidade e uniram-se a estudantes para o maior ato catarinense do dia nacional de mobilização pela greve geral.

manifestaA mobilização começou cedo com a paralisação dos trabalhadores do transporte público desde as seis até as nove horas da manhã. A partir das sete horas, estudantes já se concentravam para as atividades do dia nos câmpus da UFSC e do IFSC . No início da tarde, sindicatos reuniram trabalhadores na Praça Tancredo Neves, em frente à Assembleia Legislativa, onde assistiram a palestras e esquetes teatrais sobre temas como a ameaças ao direito de greve e as reformas trabalhista e previdenciária.

Os grupos seguiram em caminhada até a frente do Instituto Federal, interrompendo o trânsito da Avenida Mauro Ramos por pelo menos uma hora e meia. Lideranças estudantis, sindicais e do movimento social discursaram pela unidade da população na luta em defesa dos direitos.

terminalMesmo após a dispersão, anunciada pelo carro de som às 17h30min, um grupo formado por cerca de 300 pessoas, principalmente estudantes, manteve a concentração pelas ruas da cidade. Às 18h15, os manifestantes chegaram ao Terminal Central, onde percorreram todas as plataformas. Tocando instrumentos musicais, cantando e dançando, os estudantes chamavam a atenção da população para necessidade de mobilização popular em torno dos direitos sociais.

 

O movimento social mantêm-se mobilizado e planeja novas manifestações pelo menos até 29 de outubro, data em que está prevista a votação da PEC 55 em primeiro turno no Senado. Uma delas é um ato pela educação marcada para o dia 18 de novembro no Largo da Alfândega, a partir das 16 horas.

Veja mais fotos no álbum da nossa fanpage